Márcia Ramos
Fazer poesia é derramar amor sobre uma folha de papel em branco!
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos





A espera...












Na angústia em que me encontro, o tempo recusa-se a passar.
A espera lancinante arrasta os dias, tornando-se minha fiel companheira.
O silêncio intensifica os tropéis dos pensamentos...
Segredos em grilhões dentro do peito.
Preciso libertar minhas emoções, dividi-las com você.
Mas, como...? Se não consigo encontrá-la!
Ouço um ruído e corro para o portão na esperança de avistá-la...
Infelizmente, nova desilusão...
É apenas o brado da minh’alma que insiste em chamá-la!
Esperar por algo concreto, mensurável, é mais fácil...
O que nos desespera é a busca por algo que não enxergamos...
Apenas necessitamos!
As estações do ano passam inexoravelmente...
Os rios ‘beijam’ os mares...
As horas delimitam os dias...
E eu aqui... A sua espera!
Os meus sonhos flutuam sobre lindos prados verdejantes,
lugar perfeito para encontrá-la.
Sussurros ecoam ao longe, glorificando a possível vitória...
Temos hora marcada!
Enfim, o tão almejado encontro...
Envolta em raios dourados, sinto-a se aproximar e delicadamente, de mim se apossar...
Obrigada Felicidade, por finalmente, o meu coração encontrar!


 
  









http://www.marciaramos.recantodasletras.com.br/index.php



Márcia Ramos
Enviado por Márcia Ramos em 03/03/2012
Alterado em 03/03/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários